quarta-feira, 27 de abril de 2016

A Enciclopédia de d'Alembert e Diderot: Um culto e poderoso clássico




Monumento da Civilização Ocidental, a Enciclopédia é um clássico obrigatório para qualquer estante de um bom intelectual.
___________________

Segundo consta na Apresentação Geral desta obra, feita em 2015 por Pedro Paulo Pimenta, "o intuito principal desta iniciativa a editorial e acadêmica é oferecer ao público de língua portuguesa um clássico da Filosofia e da Literatura modernas e contribuir assim para recolocar em circulação um texto cuja importância para o advento da Modernidade, filosófica e política e indiscutível".
A empreitada a que se refere o Apresentador é a Enciclopédia, clássico de Diderot e d'Alembert, obra que marcou o ´seculo XVIII e continua a ecoar nos dias atuais em todos os campos, sejam eles políticos, artísticos ou científicos.
A obra conta com artigos de cientistas e filósofos bem conhecidos do nosso tempo (d'Alembert, Diderot, Voltaire, Montesquieu). Mas traz também textos de Dumarsais, Vandenesse, Jaucourt, Marmontel, Mallet e Beauzée.

A Enciclopédia, símbolo de um dos maiores e mais complexos projetos editoriais da história, ganha sua mais abrangente tradução já feita em português. São cinco volumes, ilustrados com 173 imagens reproduzidas da edição original, que reúnem 298 verbetes selecionados segundo sua qualidade literária e nível de argumentação por Pedro Paulo Pimenta e Maria das Graças de Souza (organizadores da versão brasileira).

Como bem lembra Pedro Paulo Pimenta, "a leitura de um volume qualquer da Enciclopédia no origina é uma experiência que pode ser desconcertante ou mesmo vertiginosa: estilos e registros alternam-se, alguns verbetes são muitos longos, outros são muito curtos". Uma peculiaridade da Enciclopédia é o fato dela dedicar uma atenção às técnicas produtivas, um ramo até então pouco cultivado nas Artes e Ciências. Isso explica o porquê de os volumes trazerem algumas ilustrações acerca do assunto.

A obra recém editada pela Editora Unesp traz uma apresentação para cada volume que está divido por tema, onde seus quase 300 verbetes estão nos seguintes volumes:

Volume 1 - Discurso preliminar e outros textos -  Neste volume nós não temos muitos verbetes, mas sim uma contextualização e apresentação detalhada do Projeto da Enciclopédia. É neste volume que encontramos dois artigos a respeito da obra: "Círculo dos Conhecimentos" e "Árvore do saber", de Maria das Graças de Souza e Franklin de Matos, respectivamente. Por tratar-se do volume que traz o Discurso Preliminar, este, datado de 1751, vem logo em seguida aos artigos (em versão bilíngue, com tradução de Fúlvia Moretto). Junto a esses textos introdutórios, o Volume 1 conta também com uma observação sobre a divisão das ciências, feita por Lorde Bacon, Advertência dos editores d'Alembert e Diderot. Por fim, o volume traz além de dados gerais sobre a enciclopédia, o índice geral dos verbetes que foram traduzidos para esta edição. O Discurso Preliminar mostra-se como uma continuação do "impulso de reflexão que remonta diretamente a Bacon e Descartes", lembra o apresentador da obra.
Ficha Técnica:
Autores: Jean le Rond d'Alembert e Denis Diderot
Organizadores: Pedro Paulo Pimenta e Maria das Graças de Souza
Número de páginas: 350
Formato: 16 x 23 cm
Preço: R$ 78,00
ISBN: 9788539305872
Confira aqui o sumário deste volume
Volume 2 - O sistema dos conhecimentos - Também com uma apresentação de Pedro Paulo Pimenta, o volume 2 da Enciclopédia traz verbetes onde se apresentam uma renovação na visão de mundo e ao mesmo tempo uma proposta de rompimento com toda forma de fanatismo. Assim, há destaque para verbetes como "abstração" (o que abre o volume),  "Arte", "Descoberta", "Filósofo", "História", "Invenção", "Literatura", "Língua" e "Letras". Isso para ficar só em alguns exemplos, mas há uma grande destaque de posicionamento dos verbetes relacionados à História da Filosofia, maioria de autoria de Diderot. Percebe-se, pois, que os pensadores iluministas elaboraram verbetes relacionados ao conhecimento e intelecto, basicamente.

Ficha Técnica:
Autores: Jean le Rond d'Alembert e Denis Diderot
Organizadores: Pedro Paulo Pimenta e Maria das Graças de Souza
Número de páginas: 413
Formato: 16 x 23 cm
Preço: R$ 78,00
ISBN: 9788539305605
Confira aqui o sumário deste volume
Volume 3 - Ciências da natureza -  Dividido em 4 subtítulos (Física e Matemática, História Natural, Anatomia e Fisiologia, Química), o terceiro volume da Enciclopédia traz uma gama de verbetes valorizando a História natural da época. Elaborados em sua maioria por Diderot, Daubenton e d'Holbach, os verbetes denotam um desejo de desvencilhar a História natural das ciências e da religião. Os verbetes de Física e Matemática foram elaborados quase exclusivamente por d'Alembert. Já os de Fisiologia e anatomia, Diderot. A última seção de verbetes, de Química, Venel, conceitua e pondera os limites e as conexões existentes entre os diversos tipos de conhecimento. Neste volume encontramos verbetes que vão explicar assuntos como "Causas Finais", "Cosmologia", "Geometria", "Infinito", "Método", "Botânica", "Espécie" e "Vida".

Ficha Técnica:
Enciclopédia - Volume 3Ciências da naturezaAutores: Jean le Rond d'Alembert e Denis Diderot
Organizadores: Pedro Paulo Pimenta e Maria das Graças de Souza
Número de páginas: 348
Formato: 16 x 23 cm
Preço: R$ 78,00
ISBN: 9788539305889
Confira aqui o sumário deste volume

Volume 4 - Política -  A apresentação deste volume ficou a cargo de Maria das Graças de Souza, que ressalta a obra como um "balanço dos conhecimentos humanos nos mais diversos domínios". Talvez este seja o volume mais engajado politicamente, visto que a visão dos iluministas é a da sociabilidade natural. E é esta visão que norteia boa parte dos verbetes deste vollume. Diderot e Jaucort predominam como autores desses verbetes. Aqueles relacionados a religião e política recebem um tratamento crítico rigoroso. Vale a pena acompanhar neste volume o polêmico verbete que explica "Despotismo". Isso porque relacionavam-se ao Antigo Regime vivido na França. Um autor Anônimo se encarrega de falar sobre "Filosofia Política", "Liberdade civil", "Poder" e "Soberanos", por exemplo. E foram estes verbetes que causaram alvoroço na ala política. Nos verbetes deste volume, os autores questionam a forças históricas e reforçam o movimento pela liberdade.
Ficha Técnica:
Autores: Jean le Rond d'Alembert e Denis Diderot
Organizadores: Pedro Paulo Pimenta e Maria das Graças de Souza
Número de páginas: 374
Formato: 16 x 23 cm
Preço: R$ 78,00
ISBN: 9788539305896
Confira aqui o sumário deste volume

Volume 5 - Sociedade e arte - O volume mais social traz uma apresentação de Luís Fernandes do Nascimento e verbetes que funcionam como o fio condutor para refletir sobre Sociedade e Arte e como uma dada sociedade se manifesta. Assim, os verbetes refletem uma visão de mundo que privilegia temas como Arquitetura, Belo, Sabedoria, Desenho, Melodia e som, por exemplo. Essas paixões são edificantes do homem e como afirma o verbete "Virtude" e "Paixões", elas não são externas, mas intrínsecas e imprescindíveis à natureza humana. Neste volume vale a pena ler a definição de "Poesia", "Imitação" e "Tragédia" para quem estuda Letras.
Autores: Jean le Rond d'Alembert e Denis Diderot
Organizadores: Pedro Paulo Pimenta e Maria das Graças de Souza
Número de páginas: 399
Formato: 16 x 23 cm
Preço: R$ 78,00
ISBN: 9788539305902
Confira aqui o sumário deste volume

___________________________

Como lembra Maria das Graças de Souza em sua apresentação, desde os primeiros volumes da Enciclopédia, ela foi atacada por diversos lados: religioso, político e até alguns literatos. Os volumes publicados entre 1751 e 1757 refletem o espírito iluminista dos filósofos. Embora os sete primeiros volumes tenham sido publicados neste período com uma certeza paz, os dez volumes seguintes (publicados a partir de 1965) deixaram Diderot em um conflito político. Foram traduzidos 298 verbetes, abarcando textos de 37 autores, como Diderot, d’Alembert, Jaucourt, Voltaire, Turgot e Rousseau, em um trabalho de seleção que privilegiou não só a qualidade de argumentação, mas também a literária. E das cerca de 600 imagens primorosamente desenhadas da edição original, nesta estão reproduzidas 173.

Sobre os Organizadores:
Pedro Paulo Pimenta é graduado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1994), mestre (1997) e doutor (2002) pela mesma instituição, onde leciona desde 2005. Dedica-se a estudos na área de Filosofia Moderna, com especial ênfase em autores do Século XVIII. 
Maria das Graças de Souza possui graduação em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1971), mestrado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1983) e doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1990). Livre-docente em 1999, é atualmente professora titular da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em História da Filosofia e Política, atuando principalmente nos seguintes temas: filosofia moderna, iluminismo, renascença, história, política. 
______________________

Fonte
http://editoraunesp.com.br/blog/editora-unesp-lanca-a-enciclopedia-de-diderot-e-d%E2%80%99alembert-em-cinco-volumes

Um comentário:

Postar um comentário

Oi. Grato pela visita. Sinta-se convidado a voltar sempre. Abraços.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...