quinta-feira, 17 de julho de 2014

Como Proust pode mudar sua vida?

De já, aviso. O livro Como Proust pode mudar sua vida (Intrínseca,  Tradução Marcello Lino, 2011,  256 páginas, R$ 19, 90) NÃO é uma biografia nem um estudo aprofundado da sua obra. Talvez a classificação mais justa seja a de um ensaio com um cunho filosófico a respeito de sua obra.
Na verdade eu deveria ter lido esse livro só depois de ter lido toda a obra proustiana. Mas eu atropelei a ordem das coisas.

Alain de Botton já construiu um nome entre os leitores, já que ele é o mesmo autor de "Como Woody Allen pode mudar sua vida". Sua obra trata basicamente sobre filosofia. O próprio título da obra, que não pode fugir do campo auto-ajuda, nos insinua a refletir, premissa da filosofia.
Então eu li este pequeno livro e achei bem útil para qualquer pessoa, independentemente que seja ou não leitor de Proust.

O livro, aclamado na época por vários jornais e revistas especializados como uma obra vigorosa e bem humorada, trata resumidamente de observações do Alain sobre a obra e vida proustiana, além de trazer para nós, leitores admiradores do escritor francês,  muitas dicas, sugestões e conselhos para a vida cotidiana que acaba culminando numa espécie de "mini biografia" do escritor francês Proust.

O livro possui uma linguagem bem simples, acessível para qualquer nível de leitor. O que podemos aprender com Proust está mais alem do que o escrito em sua obra. O monumental "Em busca do tempo perdido" nos incita a resgatar das paredes da memória o que vivemos e quase em forma de resenha, Alain vai tecendo comentários aqui e conselhos acolá fundamentados com trechos da obra.


Os acontecimentos vividos por Proust no contexto histórico são relembrados no livro, como o seu problema asmático e as consequências familiares da Primeira Guerra Mundial. Proust era um hipocondríaco, de modo que um pouco do seu pessimismo (ele achava que morreria cedo) é analisado também nesse livro do Alain de Botton,.

Além de ser engraçado, Como Proust pode mudar sua vida funciona muito além das classificações que lhe são dadas. É uma mistura que apraz ao leitor ávido e curioso por saber as entrelinhas das obra de Proust. Mas que fique certo: não é necessário conhecer toda a sua obra ou sequer lido os livros, apesar de que a compreensão melhora se você
O escritor Alain de Botton
tiver lido. Os capítulos preenchidos por exemplos que nos servem para diversos setores do nosso cotidiano mostram que Proust ampliou sua obra para a sua vida e para a nossa também.



Fonte: Site da Editora Intrínseca /  Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi. Grato pela visita. Sinta-se convidado a voltar sempre. Abraços.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...