domingo, 5 de fevereiro de 2012

Poesia/Música

Já que estou falando de guerras, achei oportuno divulgar aqui um poema do grande Maiakóvski, poeta russo do qual eu gosto muito. O referido poema é recitado por João Bosco na música Corsário. Abaixo do poema, o vídeo na íntegra com a declamação do poema que por sinal, torna a música uma das melhores versões de Corsário. Confiram primeiramente o poema e em seguida o vídeo.


E então, que quereis?...
(Maiakóvski) - 1927

Fiz ranger as folhas de jornal

abrindo-lhes as pálpebras piscantes.

E logo

de cada fronteira distante

subiu um cheiro de pólvora

perseguindo-me até em casa.

Nestes últimos vinte anos

nada de novo há

no rugir das tempestades.

Não estamos alegres,

é certo,

mas também por que razão

haveríamos de ficar tristes?

O mar da história

é agitado.

As ameaças

e as guerras

havemos de atravessá-las,

rompê-las ao meio,

cortando-as
como uma quilha corta

as ondas.

  • Confira agora o vídeo, no qual o artista João Bosco recita o poema. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi. Grato pela visita. Sinta-se convidado a voltar sempre. Abraços.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...