terça-feira, 24 de janeiro de 2012

[Meus Versos] Encontro na Próxima Estação


Roupas repetidas
Moda atrasada
Passos medidos
e comedidos...
Onde é que eu vou parar?
Em qual ponto de partida
Ou de chegada
o ônibus estará
pronto
a me teletransportar?
Tá em vão lutar,
pensar em uma causa...
E raras vezes me pus a solucionar
os erros...
Não fiz quando disse que faria mudança,
Não quis ajuda, recusei alianças
Preferi ficar só com a minha esperança.
E aos meus sacrifícios
Eu preferi o holocausto.
Lancei ao abutre
a minha herança
à serpente maligna
a minha vingança
e assim vou a caminho
da próxima estação.
Espero lá encontrar
minha identidade
minha perdição..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi. Grato pela visita. Sinta-se convidado a voltar sempre. Abraços.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...